24 de novembro de 2013

AONDE FICA O DINHEIRO DOS IMPOSTOS? ALGUM POLITICO PODERIA EXPLICAR?

Aonde fica o dinheiro dos impostos? Algum político poderia explicar ? Gert Roland Fischer Uma pessoa classe media remediada, gasta por mês para sobreviver, algo em torno de R$ 2.500,00. Sobre este montante são cobrados impostos em torno de 45%, ou R$ 1.125,00. Se entrar um carro novo nas compras, ou que tiver este infeliz brasileiro que obrigatoriamente fazer uso de um cartório do registro de imóveis, essa conta vai para a estratosfera. Computando todos os impostos, cartórios, taxas, multas, justiça do trabalho, roubo de dinheiro em contas bancarias feitas por juízes trabalhistas e companhia, entre outras infindáveis sacanagens impostas pela ditadura vassala instalada, chega-se a conclusão que o cidadão que trabalha deixa para os políticos e seus empregados amigos, algo como R$ 13.500,00 por ano. Se esse valor for computado para 50 anos pagando impostos, a conta ultrapassará os R$ 650.000,00 caso essa importância fosse corrigida e capitalizados os juros, teríamos importâncias astronômicas inacreditáveis. Ai pergunto mais uma vez: Aonde os prefeitos, os vereadores, os deputados, os senadores os presidentes e os partidos políticos enfiaram tanto dinheiro pago por esse Brasileiro? Multiplique essa importância para 50 milhões de brasileiros e teremos R$ 32,5 trilhões de reais. Gente essa gigantesca montanha de dinheiro seria suficiente para colocar ferrovias por todo o Brasil, montar estações de embarque de passageiros de cabotagem em todos os portos do Brasil inclusive facilitar a mobilidade de milhões de trabalhadores que buscam trabalho nos estados do Sul e que deixaram as grandes proles nos estados nordestinos, onde os “bolsas tudo” garantem qualquer eleição para presidente. Essa mesma gigantesca montanha de dinheiro dos contribuintes daria para colocar hospitais em todas as cidades do Brasil, pagar bem os professores do ensino básico, qualificar todos os mestres começando pelas creches e subindo até as arrogantes universidades brasileiras que produzem profissionais livreiros. Poderíamos ter o esgotamento sanitário em todas as cidades brasileiras inclusive Blumenau, que esgota menos de 5%. Imaginem as festas do chope que se realizam a cada ano, quanta urina vai direto para o Rio Itajai “ in natura”. Um rio de mijo. É tanto dinheiro, mas tanto dinheiro que nos é arrancado do nosso trabalho, que pagaria todos os nossos aeroportos transformados em maravilhas de Dubai. O Brasil tem essas condições de oferecer aos seus contribuintes, cidades com qualidade de vida. Mas a montagem do esquema que funciona muito bem com amparo de uma legislação criminosa contra o cidadão, é garantida por partidos políticos corruptos e criminosos. O esquema centenário permite que toda essa gigantesca montanha de impostos arrecadada tenha destinos criminosos e vão se perder nas licitações superfaturadas, no empreguismo de amigos sem competência, para as empreiteiras que financiam candidatos, é desviado na merenda escolar, na compra de medicamentos, na construção de navios que não conseguem navegar, em projetos faraônicos que não são concluídos, em viagens eternas de políticos aos paraísos fiscais e ilhas da fantasia justificando busca de parceiros e inovações tecnológicas, coisa nenhuma. Os partidos colocam em postos chaves da arrecadação pessoas “treinadas em licitações fraudulentas”, que vão para os Ministérios, Secretarias, presidência de estatais, nos tribunais de contas, tudo muito bem organizado e meticulosamente estudados esses “ currículos” de testas de ferro – pessoas de confiança dos partidos, para se apropriar “legalmente” da montanha de impostos que não chegam ao povo, mas será distribuída para a essa gente de “sucesso” que faz viagens ao exterior, freqüenta festas milionários em Comburiu, Portal do Santinho, Búzios, Angra, ilhas bilionárias ou barcos de altíssimo luxo nas costas brasileiras onde a imprensa não chega e se chegasse ficaria na mordomia bem calada. Os carrões de luxo, os Iates de R$ 5.000,000,00 ou mais, os jatinhos, os helicópteros que ninguém consegue ver do solo quem os freqüenta, são brinquedinhos nas mãos dos corruptos afanadores dos nossos impostos arrecadados dos mais pobres, onde a sonegação empresarial incluindo as “multis” é de mais de 50% e acontece impune. Os que pagam e precisam trabalhar tem que implorar por uma Rod. 280 em pista dupla. Para domar as inteligências novas que estão chegando, criamos centros de orgia de drogas com lavagem cerebral como são os “Atantic Panets” que acontecem estrategicamente em todo o pais, onde a ética, os bons costumes e da educação que são quebrados como também o são os criminosos BBBs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget