29 de setembro de 2013

O risco Marina


O risco Marina

Os beneficiários da farsa, da tragédia e do medo impõem obstáculos ao registro da Rede e procuram desqualificar suas virtudes anunciando que eles não cumpriram as regras do jogo.

ARTIGO - MIRO TEIXEIRA

Publicado:
Marina Silva virou sinônimo de ameaça a um Estado degradado pela traficância de poder enriquecedora de dirigentes partidários que se distanciaram da representação do povo e do pluralismo político, certos da impunidade assegurada pela dissimulação da verdade e da propaganda enganosa.
Programas assistenciais insuficientes são apresentados como conquistas do povo pobre, sempre chamado a se opor aos demais brasileiros, os da classe média, chamados de ricos, na versão caricata da luta de classes que traz fortunas aos bajuladores bem remunerados do poder.
De tão miseráveis, os miseráveis não percebem que são enganados quando se anuncia quantos brasileiros saíram da linha de extrema pobreza, definida por uma renda mensal inferior a setenta reais para cada pessoa de uma família. Abaixo de setenta está na extrema pobreza. Com setenta e um, está fora. É de um ridículo que beira a atrocidade. É o cinismo a desacatar os pobres
Felizes estão os que recebem o Bolsa Família. Como já dizia o Betinho, quem tem fome tem pressa. Mas tal felicidade ficaria abalada se soubessem que ganham uma terça parte do auxílio-reclusão.
Pois é em nome dessas e outras migalhas alardeadas como alavancas da dignidade da pessoa e da cidadania que se escorcha a população com impostos, taxas, contribuições que sustentam as máquinas corrompidas.
Contra quem se insurge, vem o brado galhofeiro da luta de classes, que ecoa no silêncio covarde dos que têm o dever de falar e silenciam temerosos do patrulhamento que dissuade a reação à farsa.
Os beneficiários da farsa, da tragédia e do medo impõem obstáculos à trajetória de Marina e ao registro, na Justiça Eleitoral, da Rede, e procuram desqualificar suas virtudes anunciando que eles não cumpriram as regras do jogo. Temem a rebeldia de uma voz serena.
De que jogo falam, afinal de contas? Da cumplicidade, das alianças secretas? Do oportunismo? Da delinquência estatal e privada?
Pois bem. Eles desconheciam o jogo e suas regras, e, se o conheciam, preferiram não jogá-lo. Mantiveram a postura digna e decidiram não encaminhar à Justiça 220 mil fichas de verificação duvidosa.
Correndo contra tudo, já tiveram validados 450.432 apoios ao Rede e 95.206 outros não foram validados sem qualquer razão explicativa do ato administrativo, como mandam nossas leis. Totalizam, portanto, 545.638 apoiamentos legalmente amparados, 53 mil acima do número mínimo de 492 mil.
Não há mágica nos números. A mágica estará na interpretação da lei. Prazos não cumpridos pelo poder público e recusa de emitir documentos segundo as normas atacam direitos dos cidadãos.
No caso de Marina querem inverter a história, como se estivesse ela a pedir um privilégio. Se o estivesse, talvez fosse atendida. Mas não está. Reclama o cumprimento da Constituição do País.
Em 27 de novembro de 1984, ao decidir questão sobre a eleição indireta para Presidente da República, ocorrida em 1985, o Tribunal Superior Eleitoral, o mesmo ao qual agora Marina recorre, decidiu contra as regras desejadas pelo Poder de então, que queria anular os votos dados a candidato de partido diferente do parlamentar votante. Pela pleiteada regra da fidelidade partidária, Paulo Maluf estaria previamente eleito presidente da República. O Tribunal se louvou acima de tudo na Constituição e libertou o parlamentar eleitor da regra da fidelidade partidária: deu Tancredo. A ditadura acabou.
Miro Teixeira é deputado federal (PDT-RJ)
http://oglobo.globo.com/opiniao/o-risco-marina-10183733
__._,_.___

26 de setembro de 2013

Programa Ecologia - 26-09-2013

Tema: 

Nitrato de amônia, Catástrofe em São Francisco do Sul


TV da Cidade

Programa Ecologia em Ação - produção e apresentação Gert Rolland Fischer.
Aos sábados das 18:30 as 19:00hs, reapresentação nas segundas 15:30 as 16:00hs, e nas madrugadas de domingos e terças na TV da Cidade Joinville - www.tvdacidade.com.br

21 de setembro de 2013

Estou com vergonha do Brasil. Vergonha do governo, com esse impatriótico, antidemocrático e antirrepublicano projeto de poder.


RUTH MOREIRA


Estou com vergonha do Brasil. Vergonha do governo, com esse impatriótico,
antidemocrático e antirrepublicano projeto de poder.
Vergonha do Congresso rampeiro que temos, das Câmaras que dão com uma mão
para nos surrupiar com a outra, políticos vendidos a quem dá mais.
Pensar no bem do País é ser trouxa.

Vergonha do dilapidar de nossas grandes empresas estatais, Petrobrás,
Eletrobrás e outras, patrimônio de todos os brasileiros, que agora estão a
serviço de uma causa só, o poder. Vergonha de juízes vendidos. Vergonha de
mensalões, mensalinhos, mensaleiros. Vergonha de termos quase 40 ministros e
outro tanto de partidos a mamar nas tetas da viúva, enquanto brasileiros
morrem em enchentes, perdendo casa e familiares por desídia de políticos, se
não desonestos, então, incompetentes para o cargo. Vergonha de ver a
presidente de um país pobre ir mostrar na Europa uma riqueza que não temos
(onde está a guerrilheira? era tudo fantasia?).

Vergonha da violência que impera e de ver uma turista estuprada durante
seis horas por delinquentes fichados e à solta fazendo barbaridades,
envergonhando-nos perante o mundo. Vergonha por pagarmos tantos impostos e
nada recebermos em troca - nem estradas, nem portos, nem saúde, nem
segurança, nem escolas que ensinem para valer, nem creches para atender a
população que forçosamente tem de ir à luta.

Vergonha de todos esses desmandos que nos trouxeram de volta a famigerada inflação.
Agora pergunto: onde estão os homens de bem deste país?
Onde está a Maçonaria? OAB? CNBB? LYONS?ROTARY? Onde estão os que querem lutar por um Brasil melhor?
Por que tantos estão calados? Tenho 84 anos e escrevo à espera de um despertar que não se concretiza.
Até quando isso vai continuar? Até quando veremos essas nulidades que aí estão sendo eleitas e reeleitas?
Estou com muita vergonha do Brasil.

RUTH MOREIRA ruthmoreira@uol.com.br

Se és brasileiro, patriota e quer ver essa situação mudar, não vacile,
REPASSE para o maior número de pessoas, é preciso fazer com que o povo tome consciência e reaja!!! A reação não será mais pelo voto, por que a PRESIDENTA E A SUA DITADURA SINDICALISTA ja comprou todos os votos de que precisa para se reeleger. As ações agora deverão ser outras, de um povo roubado, indignado que não tem mais nada a perder. O povo brasileiro tem o dever e a obrigação de fazer a LIÇÃO DE CASA. 
NÃO É MAIS NO VOTO. A ESTRATÉGIA É OUTRA, AMARGA, SOFRIDA, MAS SERÁ A UNICA MANEIRA DE TIRAR ESSA CATERVA DA DITADURA DA BOCA DOS COFRES DOS NOSSOS IMPOSTOS. NÃO TEM MAIS OUTRA OPÇÃO. 


20 de setembro de 2013

Temo de Ajustamento de conduta - TAC




Gert Roland Fischer (*)

                Neste artigo desejo oferecer solução rápida e segura para a recuperação do CEI padre Carlos localizado na esquina das ruas Ministro Calógeras com Conselheiro Mafra, abandonado desde 2009. Trata-se de mais um bem publico construído com o dinheiro dos impostos que está oferecendo facilidades para a marginalidade social, constrangendo  contribuintes moradores e passantes na região.
                A solução poderia ter sido concretizada no momento do licenciamento ambiental dos gigantescos prédios que sombreiam o CEI e o Colégio Conselheiro Mafra que nos meses frios do ano, não recebem mais os raios solares tornando as manhãs frias, úmidas e causando problemas de sanidade aos moradores da região de afetação.
                As ferramentas do licenciamento ambiental quando usado a justiça social e acompanhado pelo Ministério Publico pode sim, quando dos  ajustamentos de conduta,  trazer inúmeras soluções sociais que pelas vias tradicionais não se consegue avançar.
                A concretização do PARQUE CAIEIRAS foi um TAC com a FUNDIÇÃO TUPY S/A em decorrência de Ação Civil Publica. O mesmo aconteceu com ARCELOR MITHAL em São Francisco do Sul que beneficiou por força de um TAC que beneficia o PARQUE ACARAI algo inimaginável fossem de iniciativa do executivo estadual.
                Quantos TACs aconteceram em Joinville – alguns provocados de forma paralela  pela própria Policia Ambiental, outros pela FUNDEMA, para compensar impactos ambientais localizados, atingindo a qualidade de vida de milhares de cidadãos que resultaram na doação de veículos?   Na realidade deveriam compensar a qualidade de vida perdida pelos cidadãos penalizados pelos impactos de alguns projetos. Pergunto como um veiculo doado por força de um TAC pode compensar a perda da qualidade de vida perdida pelos  moradores de um bairro inteiro ?
                A reforma e recuperação do Jardim da Infância Padre Carlos, poderia ter sido através de um TAC. O impacto violento dos  colossais blocos de concreto que se debruçam sobre as escolas, tirou lhes a qualidade de vida de seus alunos e professores.  Faltou às autoridades nesta oportunidade de ouro que se apresentou no Licenciamento ambiental, o bom senso de promover o legitimo papel de uma AGENCIA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL que é o  de compensar o impacto da obra licenciada.
                No processo de licenciamento ambiental o MP interfere e entra como litisconsorte, quando aciona um Inquérito civil publico ou Ação Civil publica e mesmo quando demandada pela cidadania. No ajustamento de conduta o Promotor Judicial estabelece as condições em que se dará o ajustamento e a compensação pela qualidade de vida perdida.
 Não é doando um veiculo e  equipamentos para o agente ambiental que tal ajuste deveria ocorrer.
O ético, o  moral e as boas  praticas - no caso dos moradores das ruas citadas, seria a recuperação total do Jardim Padre Carlos para a comunidade possa ser compensada quando atingida pelos impactos ambientais negativos projetados pelos grandes produtores da insalubridade.
 Muito simples, justo e ético.
Cumpra-se.


(*) cidadão membro voluntario  do CONSELHO DA CIDADE

LEIA O QUE O ENIO MAINARDI ESCREVEU

http://www.vindodospampas.blogspot.com.br/2013/09/leia-so-o-que-o-enio-mainardi-escreveu.html

Só depende do cidadão definir a cidade que deseja viver. CUIDADO - ALERTA COM O QUE COLOCARAM NA LOT PARA APROVAÇÃO NA CAMARA DE VEREADORES. APROVADO COMO ESTA, ENTRAREMOS NO INFERNO ASTRAL DO CONCRETO E DA TERRAPLANAGEM COM CORRUPÇÃO.







19 de setembro de 2013

Programa Ecologia - 19-09-2013

Tema: Discutindo a LOT Joinville

TV da Cidade

Programa Ecologia em Ação - produção e apresentação Gert Rolland Fischer.
Aos sábados das 18:30 as 19:00hs, reapresentação nas segundas 15:30 as 16:00hs, e nas madrugadas de domingos e terças na TV da Cidade Joinville - www.tvdacidade.com.br

16 de setembro de 2013

VOCE PODE TER A TOTAL CERTEZA QUE OS CRIMES DA MOEDA VERDE NÃO SERÃO PENALIZADOS. TEM FURO NA LEGISLAÇÃO POR TODOS OS LADOS. BASTA UM BOM ADVOGADO PAGO PELOS CONTRIBUINTES TALVEZ QUE TUDO DE RESOLVE.

Do Jornal Absoluto extraimos essa noticia que nos confirma a impunidade "neischte paisch" 

JULGADO NULO DECRETO QUE CASSOU
VEREADOR ENVOLVIDO NA MOEDA VERDE


A 1ª Câmara de Direito Público do TJ anulou o decreto legislativo da Câmara de Vereadores da Capital que cassou vereador envolvido na Operação Moeda Verde, em 2007. A decisão reformou parcialmente sentença da comarca da Capital, pois manteve a negativa de pagamento de danos materiais e morais ao autor. 

Na apelação, o vereador reforçou a falta de sua intimação e de seu advogado para a sessão em que foi decidida a cassação. Ainda no andamento do processo, o autor renunciou ao mandato, porém, manteve a ação para anular o ato administrativo. O relator, desembargador Jorge Luiz de Borba, considerou que, dos argumentos apresentados na apelação, o mais contundente foi a falta de intimação para a sessão plenária de julgamento. Ele apontou que os princípios constitucionais da ampla defesa, do contraditório e do devido processo legal, estabelecidos na Constituição Federal, são também aplicáveis aos processos administrativos, notadamente aos de índole punitiva. Neste aspecto observou que o apelante não constituiu advogado no processo administrativo da cassação e não foi pessoalmente intimado da data da sessão de julgamento. “Data venia, não se pode presumir cientificado o advogado do apelante quanto à data em que se realizaria a sessão de julgamento de seu constituinte só porque comunicou, nos autos do prévio mandado de segurança, que estaria o seu processo de cassação 'na iminência' de ser julgado. Tivesse ele informado a precisa data do julgamento, essa presunção seria válida; porém, na hipótese, não é”, finalizou Borba. 


Comentário do Blogg

A decisão foi unânime (AC n. 2011.091675-2).

HEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHE

Foi tudo montado para dar nisso. 

Agora o vereador vai processar a Prefeitura de Florianópolis por danos morais e tirar dos contribuidos mais alguns milhões que serão certamente redistribuidos.

13 de setembro de 2013

UDO quer "mexer" no CODIGO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE. ALERTA

A Presidente da Câmara Técnica do Comdema, Enga. Eulívia Fleith Comitti, convida Vossas Senhorias para Reunião em 18/09/2013 (quarta-feira), às 08:30, no Plenarinho da Câmara de Vereadores de Joinville.
Pauta: Revisão do Código Municipal do Meio Ambiente (diagnóstico)
Local: Plenarinho da Câmara de Vereadores de Joinville
Data: 18/09/2013 (quarta-feira) às 08:30hs
Atenciosamente,
José Augusto de Souza Neto

Coordenador do Comdema

(47) 3433-2230 R:246

IMPORTANTE - SAIBA O QUE É QUALIDADE DE VIDA. PRINCIPAL TEMA DA LOT QUE SERA APROVADA NA CVJ




Neste dia 20 de setembro, a partir das 19 horas, na Câmara de Vereadores de Joinville, estaremos realizando o IV Seminário de Educação Física e Qualidade de Vida de Joinville.

Este evento é uma promoção da Associação dos Profissionais de Educação de Joinville e Região - APEFJR - com apoio da Fundação de Esportes Lazer e Eventos de Joinville (FELEJ), Faculdade de Educação Física da Univille, Faculdade de Educação Física IELUSC e Agon Assessoria Esportiva.

19 horas teremos a palestra com o professor Gildásio José dos Santos: Saúde Pública - Intervenção do Profissional de Educação Física.

20 horas - Homenagem a dois profissionais que com sua atuação profissional, dedicação e empenho auxiliaram no fortalecimento da Educação Física e o Desporto no município de Joinville e no estado de Santa Catarina:

Professora Anita Massena Mello da Rocha Pereira

Professor Luis Carlos Weber


Tema: Rio Matias, Rio Cachoeira, tem jeito?

TV da Cidade

Programa Ecologia em Ação - produção e apresentação Gert Rolland Fischer.
Aos sábados das 18:30 as 19:00hs, reapresentação nas segundas 15:30 as 16:00hs, e nas madrugadas de domingos e terças na TV da Cidade Joinville - www.tvdacidade.com.br

8 de setembro de 2013

Fundação BB dá R$ 36 milhões a ONGs ligadas ao PT

Fundação BB dá R$ 36 milhões a ONGs ligadas ao PT

Fausto Macedo | Agência Estado

Controlada pelo PT, a Fundação Banco do Brasil firmou convênios de R$ 36 milhões com entidades ligadas ao partido e familiares de seus dirigentes. A lista de organizações não governamentais, associações e prefeituras beneficiadas está sob investigação da Polícia Civil do Distrito Federal. O banco faz auditoria nos contratos e parcerias.
A posse na fundação, em junho de 2010, foi prestigiada por quadros importantes da sigla, entre eles cinco parlamentares e o então ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Luiz Dulci.
Streit sucedeu a Jacques Pena, filiado ao PT do DF, cuja administração foi marcada por repasses a entidades ligadas aos seus parentes, agora sob investigação. Com sede numa sala sem placa de identificação em Brasília, que fica trancada em horário comercial, só a Associação de Desenvolvimento Sustentável do Brasil (Adesbra) firmou parcerias de R$ 5,2 milhões desde 2003. O diretor executivo da entidade, Joy de Oliveira Penna, é irmão de Jacques e tem ligações com outras entidades contempladas com recursos.
Os irmãos Pena são conhecidos por levar para a fundação a República de Caratinga, sua cidade de origem. Com a Associação dos Produtores Rurais e Agricultores Familiares de Santo Antônio do Manhuaçu, sediada no município, a fundação firmou convênio de R$ 1,05 milhão. A associação é comandada por dois primos de Jacques e Joy. "Tem razão de estar desconfiando, porque é parente, né?", admite o ex-presidente, atual tesoureiro da associação e primo da dupla, Sérgio Pena de Faria.
Segundo ele, o projeto desenvolvido na cidade, para aperfeiçoar técnicas de produção agrícola, foi apresentado por outra entidade, mas a fundação não a aceitou, pois a proponente tinha só dois anos de existência. Os dirigentes, então, pediram que a associação a substituísse.
"Cedi os documentos, mandaram para lá, onde que foi aprovado", conta Pena, negando favorecimento. "Essa associação não é igual a gente ouve falar aí que é só para desviar dinheiro. Pode dormir 'sono solto' que os documentos estão direitinho. Esse projeto foi o mais vigiado do Brasil", assegura, acrescentando que os fiscais da fundação fiscalizaram a execução e que houve prestação de contas.
Para Caratinga, a fundação mandou mais R$ 1,3 milhão para construir o Centro de Excelência do Café na gestão do ex-prefeito João Bosco Pessine (PT). A atual administração, do PTB, diz que teve de fazer obras adicionais para completar o projeto. Pessine não foi localizado.
A investigação da Polícia Civil começou a partir de denúncia de uma servidora da fundação, que está sob proteção policial e da área de segurança do Banco do Brasil. O órgão explica que as apurações são da sua alçada, e não da Polícia Federal, pois a fundação recebe recursos do banco, uma empresa de economia mista.
Denúncia
A funcionária teria recebido ameaças após delatar suposto esquema de desvio de recursos. Ela contou à polícia que a prestação de contas de algumas entidades não era analisada adequadamente. Não está descartado o afastamento do atual presidente da fundação, Jorge Alfredo Streit. A expectativa no Banco do Brasil é de que as primeiras conclusões da auditoria saiam neste fim de semana.
As denúncias sob investigação integram processo sob sigilo que tramita no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios. A fundação explica que não teve acesso aos autos. Recentemente, atendendo à solicitação, enviou informações ao Ministério Público do DF. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo
http://atarde.uol.com.br/politica/materias/1532074-fundacao-bb-da-r-36-milhoes-a-ongs-ligadas-ao-pt

CONSULTAS PUBLICAS EM JOINVILLE-SC

CONSULTAS PUBLICAS
Gert Roland Fischer (*)
                Joinville assiste a uma nova postura cidadã quando discute a cidade que desejam seus moradores para viver. O ministério das cidades recomendou há anos que as cidades com mais de 20.000 habitantes construam os seus planos diretores para aprová-los nas Câmaras de Vereadores como as Leis de Ordenamento Territorial.  Trata-se duma lei que permite aos cidadão: crianças, trabalhadores,  idosos e visitantes usufruírem o prazer de viver com saúde e paz.
                Esse é o principio da LOT. Assim deveria ser.  Em primeiro lugar a qualidade de vida que concede o prazer de se viver bem, nessas cidades planejadas pelo e para o cidadão.
                Todavia não é o acontece. Grupos econômicos poderosos selecionam cidades brasileiras onde a cidadania conseguiu implantar a qualidade de vida, manter o verde nos morros e os  recursos hídricos protegidos da  erosão e da poluição.
                Uma dessas cidades laser e de qualidade de vida escolhida pelos  grupo esta sendo Joinville. Esses grupos  só visam o lucro rápido. Escolhem ilhas de qualidade de vida excepcional e lá implantam seus projetos.  Com seus monstrengos criam  sombras permanentes, bloqueiam a circulação do ar, aquecem a cidade de forma descomunal, criam o desprazer de viver e vão embora canibalizar outros cenários semelhantes.
                Esse grupos econômicos pressionam fortemente os legisladores, os setores da engenharia e arquitetura do executivo  municipal e arrogantemente  entregam formatadas  as nova  Lei de Ordenamento Territorial que lhes trará gigantescos lucros a qualquer custo.  Ao serem bem sucedidos com prefeitos desenfocados para o que é uma cidade para o ser humano, são apoiados  de forma inconteste. Não tem esses alcaides a noção do dano que irão causar as suas comunidades que não estão pedindo fabricas, gigantescos blocos de concreto, ruas entupidas, que muitas chamam de progresso. Esse grupo canibal não  assume  qualquer  compromisso com essas comunidades depredadas e canibalizadas. Os métodos são sempre os mesmos. Canibalizada uma comunidade, encerram os bons negócios e vão para outras,  repetindo o modelo e  garantido lucros fanasticos a qualquer custo.
                As cidades canibalizadas passam a sofrer toda a ordem de problemas. O equivocado desenvolvimento” declinado e defendido por muitos “políticos” que tem generosas contas em Caimã e causam aos seus eleitores sofrimentos desmensurados pela  paralisação da mobilidade, entupimento do sistema de esgotos, falta de água em vastas regiões. É costume dos arrogantes empreendedores garantir a água potável em seus monstrengos. Muitos dos grandes edifícios “sugam” da tubulação com possantes bombas,  a águas pouco disponível nas redes publicas e causam tremendos danos as  regiões onde o liquido nunca faltara.  Faltarão hospitais, faltarão salas de aula, faltarão  centros de laser, faltará sol para o povo, aumentará a umidade e as doenças geradas por essa escuridão que superlotará os postos de atendimento do SUS com a crônica falta de médicos e enfermeiros.
                Com essa informação o entendimento do cidadão, Passou a se reúne com freqüência em suas associações de moradores de bairro, comparece em significativo numero  às consultas publicas e passam a discutir fortemente o modelo de cidade que desejam para viver com qualidade de vida.
                A cidadania de Joinville já promoveu 3 consultas publicas: Estrada da Ilha, espaço publico da Câmara de Vereadores e a ultima no São Marcos. Foram mais de 500 pessoas que discutiram e apresentaram sugestões quanto a cidade que desejam para viver com suas famílias. Essas reuniões são promovidas pelo povo preocupado que perdeu a confiança no político e ainda não tem ainda a noção do que foi desenhado pelo setor imobiliário.
                Tenho a certeza que a votação da proposta do executivo municipal ainda vai ser muito debatida, discutida e formatada uma nova proposta humana e não canibal onde poucos lucram e a esmagadora maioria vai pagar a conta.
(*) membro permanente do Conselho da Cidade

Assista ECOLOGIA EM AÇÃO DESTA SEMANA. O TEMA É ESSE COM DETALHES DE QUEM CONHECE MUITO BEM O PROBLEMA – www.ecologiaemacao.com

7 de setembro de 2013

MORADORES ABREM AS TORNEIRAS E A AGUA POTAVEL PEGA FOGO ( METANO)

http://www.youtube.com/watch?v=g5QqidiEEHw&list=PL062539BFB8A2B2D4&index=2

http://gdacoalition.org/

COMO É O PROCESSO DE FRACKING. UM DESASTRE PARA OS RECURSOS HIDRICOS SUBTERRANEOS.

http://dailyresourcehunter.com/what-is-fracking/

http://gdacoalition.org/

ASSISTA O QUE É O FRACKING.

http://dailyresourcehunter.com/what-is-fracking/

http://gdacoalition.org/

DISCUSSÃO DO FRACKING NO REINO UNIDO. 77% DAS PESSOAS NÃO SABIAM NADA A RESPEITO


O secretário de Energia Ed Davey
Davey estava respondendo perguntas de uma platéia ao vivo em energia. Foto: Nick Ansell / PA
http://gdacoalition.org/

Fracking "não é o mal que algumas pessoas tentam fazê-lo fora para ser," energia secretário, Ed Davey , afirmou.
Fracking empresa Cuadrilla tenha retirado um pedido buscando uma prorrogação de seis meses de sua exploração de petróleo em uma vila de Sussex, que tem sido palco de protestos, mas vai apresentar um novo .
"Se pudermos ter gás com segurança neste país que vai significar empregos, arrecadação de impostos e maior segurança energética - tão fracking não é o mal que algumas pessoas tentam fazê-lo fora para ser", disse ele.
Davey, que estava respondendo a perguntas de uma platéia ao vivo como parte de programas de rádio 5 dia energia do ao vivo , disse: "São os primeiros dias deste.
"Estamos nos dias exploratórias.
"Eu queria ter certeza de que, ao ir em frente com isso que temos regras duras para combater coisas como as emissões de metano e de qualquer tipo de poluição para se certificar de que temos coisas como o direito a sustentabilidade da água.
"Se vamos fazer fracking temos que ter certeza de que não fere o meio ambiente e as comunidades locais beneficiem com isso.
"Nós vamos precisar de gás nos próximos 20 ou 30 anos como transição para baixo carbono.
"O gás é uma parte da transição para a certeza ea questão é onde é que o gás vai vir?
"A produção de gás do Mar do Norte está indo para baixo.
"Estamos a importar mais gás e bastante desde o outro lado do mundo.
"Se pudermos ter gás com segurança neste país que vai significar empregos, arrecadação de impostos e maior segurança energética - tão fracking não é o mal que algumas pessoas tentam fazê-lo fora para ser."
Fracking - abreviação de "fraturamento hidráulico" - envolve a perfuração no subsolo e liberando um mix de alta pressão de água, areia e centenas de produtos químicos para quebrar rochas e gases lançamento armazenados dentro.
As companhias de água estão preocupados que o processo pode contaminar aqüíferos de água potável que estão além de reservas de gás de xisto.
Mas os defensores de fracking dizem que é seguro e essencial para tornar o Reino Unido mais energia auto-suficiente.
Fracking generalizada não começou no Reino Unido ainda, mas Cuadrilla começou perfuração exploratória em Lancashire em 2011 e muitos outros locais possíveis foram identificados.
Radio 5 Live encomendou uma pesquisa como parte de sua programação Day Energia, que perguntou quanto, se alguma coisa, você diria que você sabe sobre fracking?
Dos que responderam, 4% disseram que um grande negócio, 19% disseram que uma quantidade razoável, 40% disse um pouco, enquanto uma figura acumulado de 77% disseram que sabiam pouco ou nada.

fracking - O CORRUPTO E HEGEMÔNICO SETOR DO PETROLEO VAI AVANÇAR EM MAIS ESPAÇOS VITAIS DA VIDA DO SER HUMANO NO PLANETA: NÃO INTERESSA O POVO (QSF) INTERESSA TÃO SOMENTE O LUCRO A QUALQUER CUSTO

BRASIL – FRACKING
ANP “oferece” os nossos territórios
O protocolo contém detalhes dos 240 blocos terrestres em oferta , em bacias maduras ( Recôncavo e Sergipe -Alagoas ) e bacias de fronteira ( Acre , Madre de Dios, Paraná, Parecis , Parnaíba, Recôncavo , São Francisco).”
CONSULTA PÚBLICA PRAZO ABERTO:
AUDIÊNCIA PÚBLICA MARCADA:
ÁREAS OFERECIDAS:

PROTOCOLO INICIAL DA RODADA DE XISTO, PETRÓLEO E GÁS LIBERADO

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) do Brasil já publicou o Edital e minuta do contrato de concessão para a sua 12 ª rodada de licitações e planos para realizar o leilão em 28 de novembro e 29, no Rio de Janeiro. O leilão vai incluir direitos de petróleo e gás natural convencional, mas o foco principal é sobre as reservas de xisto do país. Este leilão segue o sucesso da 11 ª rodada em maio e continua ambicioso programa de licenciamento do Brasil , que está sendo programado apenas um mês após o primeiro leilão de direitos de exploração do pré-sal do país, à frente de uma nova rodada de campos marginais , prevista para fevereiro de 2014. O protocolo contém detalhes dos 240 blocos terrestres em oferta , em bacias maduras ( Recôncavo e Sergipe -Alagoas ) e bacias de fronteira ( Acre , Madre de Dios, Paraná, Parecis , Parnaíba, Recôncavo , São Francisco).
O protocolo para a 12 ª rodada de licitações também estabelece os requisitos de pré-qualificação , procedimentos de licitação e as principais condições comerciais dos contratos de concessão em oferta. Documentos de pré-qualificação deverão ser apresentados até 11 de outubro de 2013. Em uma mudança a partir da 11 ª rodada , a ANP exige agora os interessados a apresentar documentos de habilitação , em três fases distintas ( manifestação de interesse , a satisfação de critérios de qualificação e prova do pagamento da taxa de participação (s) ) em vez de um conjunto completo . O protocolo também tenta esclarecer certos aspectos que causaram confusão durante a 11 ª rodada , particularmente em relação aos concorrentes estrangeiros e potenciais dificuldades em cumprir determinados critérios , onde não há equivalente em moeda estrangeira com o documento brasileiro solicitado. A ANP tentou simplificar ainda mais o processo para as empresas que foram recentemente através do processo de licenciamento , de modo que as empresas que se qualificaram para os anteriores 2.013 rodadas de licenciamento pode solicitar que a ANP se referem aos documentos anteriormente apresentados .
Semelhante às rodadas de licenciamento anteriores, a pré -qualificação, a empresa-mãe de uma concessionária proposta deve demonstrar a sua capacidade técnica e financeira. Os candidatos aprovados podem se qualificar como um ‘A’ , ‘B’ ou operador ‘C’ ou um não- operador , dependendo do seu nível de experiência técnica e sua posição de patrimônio líquido . As diferentes categorias de operadores e os critérios para se qualificar para cada categoria, correspondem aos da 11 ª rodada de licenciamento – blocos em águas profundas requerem operadores “A” , outros blocos offshore podem ser utilizadas por operadores “b” e operadores ” C ” só pode operar designado blocos terrestres . Todos os blocos disponíveis na presente licitação poderão ser utilizadas por operadores ‘ C’ , além dos nove blocos no Acre -bacia de Dios , que exigem estatuto de operador de ‘B’.
Atualmente, a Petrobras é responsável pela grande maioria da produção de petróleo e gás no Brasil e possui todos os principais gasodutos e instalações de GNL. Isso restringe severamente a concorrência , especialmente no mercado de gás natural , onde os preços são elevados. No entanto, com a Petrobras , declarando que o gás de xisto não é uma prioridade , e o brasileiro Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) o lançamento de uma nova linha de crédito para a exploração de gás de xisto , como parte do programa Empresa Inova , espera-se que este leilão possa lançar gás de xisto no desenvolvimento de uma série de empresas e, eventualmente, levar a um mercado de gás natural mais competitivo. Odebrecht , Petra , OGX , HRT , Orteng e Cemig têm manifestado abertamente interesse e ambos Shell e Statoil espera-se que considerem a licitação dada a sua presença no Brasil e seus interesses em blocos de xisto nos EUA .Ou seja…
Os EUA tem demonstrado que o gás de xisto tem o potencial de revolucionar a indústria oferecendo combustível de baixo custo e de matéria-prima para as indústrias de energia intensiva , como petroquímica e de fertilizantes de fabricação, assim como a geração de eletricidade. No entanto, o sucesso da exploração de gás de xisto no Brasil depende de muitos fatores. Muitos blocos de exploração em potencial estão em áreas remotas , com pouca infra-estrutura de transporte ou pipeline. Será necessário obter equipamentos , equipes , equipamentos e materiais para esses sites e , em caso de descobertas comerciais , para obter o gás para o mercado a muitos quilômetros de distância. Requisitos de conteúdo local também podem ser um desafio, dada a falta de experiência de xisto no país.

O GÁS DE CHISTO É CONSEGUIDO ATRAVÉS DA DINAMITAÇÃO DE ROCHAS QUE ESTÃO ABAIXO DOS AQUIFEROS.AO SER LIBERADO O GAS DE ROCHA ACABA SAINDO NAS TORNEIRAS E PEGANDO FOGO.

de gás de xisto no Oeste baiano pode causar desastre ambiental sem precedentes


Por racismoambiental, 06/09/2013 12:58
poço fracking
Se confirmada a ocorrência de gás de xisto na grande área do Aquífero Urucuia e usada técnica norte-americana de extração, poderemos contaminar para sempre a água que bebemos e que usamos para irrigar alimentos. Seremos ricos em petróleo e gás e importaremos água para beber de outros estados. A população das chapadas e de quase toda a Bahia, onde existem reservas de xisto, precisa se engajar nesta luta para obstruir o possível uso da técnica de fratura hidráulica na extração do gás. O poço de prospecção instalado na Fazenda Vitória ( veja a foto acima), a apenas 10 km de Luís Eduardo Magalhães, é apenas o início do grande licenciamento que a ANP quer realizar, em outubro, em todo o País.
Conforme o Expresso adiantou em 15 de maio está começando, na Fazenda Vitória, a 10 km do centro de Luís Eduardo Magalhães, a instalação de um poço exploratório de gás e petróleo em Luís Eduardo Magalhães. Na internet, ambientalistas já começam a se manifestar sobre o desastre eminente, caso venha a ser encontrado o gás de xisto e usado o processo de hidro-fragmentação, fratura hidráulica ou fracking para a coleta do gás, técnica desenvolvida nos Estados Unidos, que já causa um enorme passivo ambiental. Segundo relatórios de ambientalistas americanos, o processo leva à poluição de lençóis freáticos profundos e a água utilizada para o processo de retirada do gás retorna ao solo altamente poluída, com resquícios de petróleo. Tanto que a maioria dos estados americanos hesita em liberar a exploração do xisto betuminoso pelo processo de fragmentação. Continue lendo… 'Exploração de gás de xisto no Oeste baiano pode causar desastre ambiental sem precedentes'»

5 de setembro de 2013

o que são as FAIXAS VIARIAS. PROMESSA OU DESASTRE?

http://www.youtube.com/watch?v=lnd71P95ogE&feature=youtu.be&noredirect=1

LOT - Qualidade de Vida em Joinville - Ecologia em Ação - 05/09/2013

Tema: LOT - Qualidade de Vida em Joinville
Convidado: Marcos Bustamante - Arquiteto Urbanista

TV da Cidade

Programa Ecologia em Ação - produção e apresentação Gert Rolland Fischer.
Aos sábados das 18:30 as 19:00hs, reapresentação nas segundas 15:30 as 16:00hs, e nas madrugadas de domingos e terças na TV da Cidade Joinville - www.tvdacidade.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget