18 de março de 2013

ACIONISTAS DA PETROBRAS, ATÉ QUE ENFIM ESTÃO INDIGNADOS


SEGUNDA-FEIRA, 18 DE MARÇO DE 2013
Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Leia também o site Fique Alerta www.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão serrao@alertatotal.net
A palavra “maracutaia” significa ilicitude, tramoia, fraude, falcatrua, negociata, conluio, rolo, má-fé, armação para beneficiar alguém, ou qualquer manobra ilegal para beneficiar um lado, causando prejuízo a outro. Quando o Partido dos Trabalhadores era oposição, seu principal líder, Lula, imortalizou tal termo, utilizando-o para qualificar qualquer ato de seus adversários políticos que contrariassem seus interesses. Mais tarde, com a chegada do PT ao Poder, a palavra caiu em desuso, como se as maracutaias tivessem sido exorcizadas de nossos costumes.
Agora, investidores da Petrobrás resolveram pegar o gancho na “aposentada” expressão de Lula para batizar um site criado para centralizar as denúncias sobre falcatruas federais que causam bilionários prejuízos a maior empresa do País. O site www.maracutaiasnapetrobras.com foi hospedado nos EUA para não correr risco de ser censurado no Brasil. Os investidores reclamam que a Petrobras, cujo acionista majoritário é a União, tem sido vítima de rapinagem cometida pelos governos Lula (com Dilma na presidência do Conselho de Administração da empresa) e da própria Dilma Rousseff (com Guido Mantega na presidência do Conselho de Administração da empresa).
A primeira grande indagação dos investidores é porque a Comissão de Valores Mobiliários não leva a sério as denúncias públicas, contra a Petrobrás, o ex-presidente Lula e a atual Dilma, feitas pelo professor Ildo Sauer – que foi diretor de Gás e Energia da Petrobras do início do primeiro governo Lula até setembro de 2007. Lula e Dilma usam e abusam da tática do silêncio comprometedor. Não refutam as acusações apostando na omissão dos órgãos fiscalizadores. Mas investidores pretendem cobrar que a CVM convoque Sauer a prestar depoimentos em processos já abertos que investigam atos lesivos aos acionistas da estatal de economia mista.
Os injuriados investidores colocam vídeos de Ildo Sauer no site Maracutaias na Petrobrás. Também reproduzem palavras dele, em recentes entrevistas, que se transformariam em inquéritos e processos em qualquer país capitalista sério. Em uma das falas de Sauer, se questiona um indício de favorecimento ao bilionário Eike Batista – que contratou ex-empregados da Petrobrás, provavelmente detentores de informações privilegiadas. Ildo Sauer escancara:
“O ato mais entreguista da história foi o leilão de petróleo para Eike (...) O que caberia a um governo que primasse por um mínimo de dignidade para preservar o interesse público? Cancelar o leilão e processar esses caras que saíram da Petrobras com segredos estratégicos. Por que não foi feito? Porque tanto Lula, quanto Dilma, quanto os ex-ministros, os dois do governo anterior e um do governo Lula, estavam nessa empreitada (...) Isso demandaria uma investigação ou da Polícia ou do Ministério Público para saber se há ilícitos, mas, politicamente, eu entendo que houve um problema gravíssimo de responsabilidade do então presidente da República e de sua czar da energia, a atual presidenta da República.”
Os investidores da Petrobrás esperam que a centralização das denúncias mantenha viva na memória de todos os fatos que não foram apuradas pelas autoridades competentes. Em outras palavras, os crimes cometidos contra a Petrobras poderão não ser apurados, como virou péssimo costume no Brasil. No entanto, não podem, em hipótese alguma, ficar esquecidos pela Opinião Pública, pelo Ministério Público, pelos orgãos fiscalizadores como ANP e CVM e, muito menos, pelo Judiciário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget