7 de setembro de 2012

A CORRUÇÃO GENERALIZADA QUE ACONTECE NO BRASIL DO SECULO XXI

Além dos altos juros, dos impostos impagáveis lá nas alturas, o baixo retorno ofertado pelo poder publico pelo que recebe do cidadão, entre outros fatores negativos, não se pode dizer que a corrupção desenfreada nos serviços públicos não agrave ainda mais a problemática vivida pelo cidadão brasileiro.
Quando se fala em corrupção pensa-se logo em funcionários públicos, vereadores, prefeitos, governadores, deputados, ministros, diretores de autarquias, secretários de estado, segurança publica, o judiciário entre outros.
Não estão sós esses participantes do poder publico corrupto. Esse câncer altamente contagioso social também atingiu pesadamente a economia privada. Não existem empresas ou organizações onde a corrupção não foi instalada. Desde o mais simples varredor de pátios até o mais bem pago diretor de mais alto escalão -  todos, salvo raríssimas exceções, praticam o delito, o crime que mina as economias, as instituições publicas e privadas, aumentando exageradamente o custo Brasil e tirando totalmente a capacidade da concorrência sadia.
Pode-se esperar o pior em regimes com a corrupção instalada de forma tão ampla, pior - aceita por todas as camadas sociais, e o pior ainda, sem que se possa fazer algo para retornar a moralidade dos costumes e à ética. Até agora não foi encontrada uma formula.
Os impactos que tal doença generalizada causa é algo  catastrófico. Os que trabalham usando a qualificação, a especialidade, o aprimoramento continuado, como aqueles que produzem bons produtos, os que elaboram projetos corretos, os que implantam obras com materiais certificados de  boa qualidade, deixam de participar da economia, por que são passados para trás, pelos incompetentes, pelos larápios, pelos que sabem roubar e não deixam rastros, os que não estudam, os que deixam para trás a melhoria continua. Os predicados da moral, honestidade e retidão deixaram de ter valor no Brasil  diante da CORRUPÇÃO.
As secretarias de segurança publica são meras fachadas de policiais bandidos, de militares vendendores de armamentos de ultima geração, guardas de presídios vendendo alvará de fuga, juízes vendendo vereditos, deputados vendendo os minérios brasileiros para o estrangeiro a prêcos vís, engordando contas nos paraísos fiscais, vereadores negociando os planos diretores com a imobiliárias, cientistas vendendo pesquisas e patentes do povo brasileiro para empresas estrangeiras, fiscais sendo subornados para manter ilegalidades, empregados de empresas privadas roubando maquinas, ferramentas, peças, insumos descaradamente,  tornando a empresa privada brasileira num mero rotulo de papel que deixou de ter um corpo funcional ilibado, correto, ético e compromissado.
Esses novos conceitos de imoralidade consentida levará a economia a desregulamentação final.  A sociedade entrara certamente em convulsão e colapso. Ninguém mais tem nada a perder. Fica estabelecido o vale-tudo garantido por uma justiça que vende a impunidade.
Não adianta estudar, se aperfeiçoar, se dedicar, andar sempre na linha da honestidade, por que os corruptos sempre estarão na dianteira, utilizando métodos criminosos para enriquecer rapidamente.
Algo muito forte deverá em breve acontecer na sociedade brasileira. Será algo que o povo brasileiro jamais participou. Será um balanço drástico como um tsuname ou um terremoto. Só então esse povão adoentado propositalmente, sentira pesarosamente o que acontecerá para que retornem a ética, a honestidade, e se valorize novamente o trabalho sincero e com compromisso. O povo poderia voltar a ter esperança e sonhar.
Seria um alento forte imaginar que poderemos  voltar a ter uma vida decente. Teríamos - novamente - o pai fixando os seus nos olhos do filho. Olho no olho, sem ter que desvia-lo para esconder a corrupção que ambos praticam.

Gert Roland Fischer – cidadão brasileiro que continua acreditando........


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget