30 de maio de 2012

QUANDO OS ENGS. BRASILEIROS NÃO SÃO BONS O SUFICIENTE, OS ESTRANGEIROS PEGAM AS VAGAS.

COLÉGIO DE PRESIDENTES


A entrada de profissionais estrangeiros no país é uma situação que nos preocupa imensamente. Esta semana estamos discutindo o assunto com os presidentes de todos os Creas e com representantes das Entidades Nacionais. Trata-se de um problema de todos nós, profissionais brasileiros. E, nesse caso, de responsabilidade do Sistema Confea/Crea. 

Leia mais.

José Tadeu da Silva
Presidente do Confea


COMENTARIO DO ENG. GERT ROLAND FISCHER
A ENGENHARIA BRASILEIRA ESTA DEFASADA EM RELAÇÃO A DE OUTROS PAISES. NA GESTÃO DE RESIDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL OS ENGENHEIROS QUE COLOCAM AS "SUAS PLAQUINHAS" DO CREA NAS OBRAS, AINDA RECOMENDAM QUE OS MESMOS SEJAM DEPOSITADOS EM TERRENOS BALDIOS, EM FUNDOS DE VALE, NAS MARGENS DE RODOVIAS E EM TERRENOS PUBLICOS. 
ESSA QUE É A ENGENHARIA FAJUTA QUE O POVO BRASILEIRO PAGA E É OBRIGADO A CONVIVER. 

EM JOINVILLE OS TELHADOS DE EDIFICIOS PUBLICOS CAEM. CONFIRAM E SE ARREPIEM.

QUE VENHAM AOS MILHARES ENGENHEIROS DA ALEMANHA, ESPANHA, GRECIA, PORTUGAL E ASSIM UMA NOVA ENGENHARIA SURGIRÁ, PELA CONCORRENCIA LEGAL E ÉTICA, O MAIS IMPORTANTE DE TUDO ISSO, QUE É ATÉ MAIS BARATA QUE A ENGENHARIA SAMBESCA NACIONAL.
O POVO MERECE ALGO MELHOR, AFINAL ESTAMOS NO SECULO 21. CHEGA DE INVENTAR A RODA A CADA NOVO DIA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget