15 de fevereiro de 2012

SEM SOMBRA PARA REFRESCAR

A corrida hoje na cidade é por uma sombra para ficar embaixo, uma sombra para deixar o carro, a moto e a cadeira de paraplégico. Esse serviço ambiental de qualidade de vida a CAJ - Cia aguas de Joinville e a AMAE não garantem mais aos cidadãos que sequer podem cortar uma arvore que esta caindo no telhado de sua casa dentro do terreno para o qual paga pesado IPTU; A chamado dos moradores da ANITA BARIBALDI, bem de fronte a BIBLIOTECA PUBLICA MUNICIPAL - antigo territorio italiano dos Boggos, o programa atendendo o chamado, constatou e flagrou crimes ambientais hediondos, comprovando nas imagens que apresento a seguir, que poderão ser utilizadas como provas, bem como meuj depoimento presencial de Eng. Agronomo credenciado no CREA-SC sob n. 001288-4, quando os danos foram propositalmente causados. Todos os operários da empreiteira contratada pela CAJ, cumplices presenciais sem uniformes de identificação, operando veiculos e tratores, todos sem identificação, são os testemunhos dessa barbarie. Assisti contribuintes paralizados diante do escarnio do tratorista de retro, horrorizados para os pagadores de impostos de Joinville. Chamo a atenção para os eleitores que colocaram a atual administração na Prefeitura, que visitem a Anita e demais ruas por onde os predadores e mutiladores de arvores publicas agem impunemente ha semanas e meses. CONVIDO POLICIA AMBIENTAL, MINISTERIO PUBLICO AMBIENTAL ESTADUAL, IPPUJ, SEINFRA, CAMARA DE VEREADORES, MEMBROS DO CONSELHO DA CIDADE, EMISSORAS LIVRES DA COMUNICAÇÃO, VISITAREM TODAS AS RUAS, ONDE OS DANOS CRIMINOSOS CAUSADOS PELOS EMPREGADOS DESSAS EMPREITEIRAS PRATICADOS CONTRA A ARBORIZAÇÃO PUBLICA PARA A QUAL TANTOS CUIDADOS SEMPRE FORAM DISPESNADOS VOLUNTARIAMENTE PELOS MORADORES DESSAS VIAS. DENUNCIO QUE DANOS PIORES E MAIORES FORAM CAUSADOS NA RUA LUIZ DELFINO EM ARVORES PUBLICAS COM MAIS DE 40 ANOS, QUE PERECERÃO DIANTE DA GRAVIDADE DOS FERIMENTOS PROPOSITIAS DESFECHADOS SOBRE OS INDEFESOS FLAMBOYANTs. DEIXO PUBLICAMENTE PARA OS SENHORES PROMOTORES JUDICIAIS DO ESTADO DE SANTA CATARINA, ESSAS IMAGENS E O CONVITE PARA QUE FLAGREM TAIS CRIMES E PROCESSEM OS RESPONSAVEIS EM TODOS OS NIVEIS. Coloco todas as provas que amealhei em imagens - fotos e filmes - a disposição da justiça e dos órgãos ambientais para que fulminantemente fiscalizem essas não conformidades desferidas contra a arborização publica cessem os danos sob pena de cumplicidade. A eventual omissão do poder publico para essa barbarie pela qual passam os contribuintes de Joinville nas vias onde se esta instalando o esgotamento sanitario,caracterizar-se-a como conivencia de acordo com o que preceitua a LEI FEDERAL 9.605 DE 2008. Art. 49 DESTRUIR, DANIFICAR, LESAR OU MATRATAR, POR QUALQUER MODO OU MEIO, PLANTAS DE ORNAMENTAÇÃO DE LOGRADOUROS PBLICOS OU DE PROPRIEDADES PRIVADAS: PENA: DETENÇÃO, DE SEIS MESES A UJM E MULTA. ART. 70 - Considera-se infração administrativa ambiental toda ação ou omissão que viole as regras juridicas de uso, gozo, promoção, proteção e recuperação do meio ambiente. Paragrafo 1° - São autoridades competentes para lavrar auto de infração ambiental e instaurar processo administrativo os funcionarios de orgãos ambientais integrantes do SISNAMA, deseignados para as atividades de fiscalização,................. Paragrafo 2° - Qualquer pessoa, constando infração ambiental, poderá dirigir representação às autoridades relacionadas ao paragrafo anterior,par aefeito de exercicio de seu poder de policia. Paragrafo 3° - QUALQUER AUTORIDADE QUE TIVER CONHECIMENTO DE INFRAÇÃO AMBIETNAL - É OBRIGADA A PROMOVER A SUA APURAÇÃO IMEDIATA, MEDIANTE PROCESSO ADMINISTRATIVO PROPRIO, SOB PENADE CO-RESPONSABILIDADE. Os internautas que desejarem detalhes da legislação dos crimes ambientais e as penalidades que impões sobre os criminosos, além das apresentadas acima, entrem em contato através do blogger www.ecologiaemacao.com onde as opiniões e indignações poderão ser postadas. Se a comunidade joinvilense que tem compromissos com a qualidade de vida não se mostrar madura para reagir a tamanho e macificado deboche praticado pelos operários, mestres de obras, engenheiros responsáveis das empreiteiras e CAJ, certamente estará se mostrando insencivel, compactuando das atrocidades que se comente o poder publico municipal. Não deixem de assistir: o que fazem seixos rolados sem classificação fechando a rua Timbó e donde vem e quem é o vereador beneficado. Confiram ANONIMO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget