6 de outubro de 2011

A FIFA EXIGE ANULAÇÃO DE REGULAMENTOS BRASILEIROS

Associados e apoiadores do Idec,

A Fifa acha que está acima das leis brasileiras. O governo não pode aceitar as suas imposições. Segundo o próprio ministro do Esporte, Orlando Silva, “a Fifa solicitou que suspendêssemos o Estatuto do Idoso, o Estatuto do Torcedor e o Código de Defesa do Consumidor".

Isto é um absurdo e nós, torcedores-consumidores, não podemos ficar calados.

A Fifa está usando a sua autoridade para pressionar o governo brasileiro a aceitar as suas exigências. Os absurdos demandados vão desde a possível suspensão da meia entrada até a demarcação de áreas comerciais exclusivas, prejudicando pequenos comerciantes e economias locais. A agilidade nas negociações mostra que o governo quer aprovar rapidamente a Lei Geral da Copa, antes que haja uma revolta geral contra os abusos. Não vamos ficar quietos! Envie uma mensagem agora para a Fifa e para o governo brasileiro:

Copa sem direitos não

Um evento internacional, por maior que seja, não pode justificar o descumprimento da Constituição, a violação de conquistas sociais e a afronta às leis nacionais vigentes. A Lei Geral da Copa omite totalmente os deveres e responsabilidades da Fifa como fornecedor exclusivo dos ingressos, expondo duramente o torcedor-consumidor a abusos de consumo. Veja como seremos prejudicados:


Possível anulação da meia entrada para estudantes e idosos;
Fim da proteção em caso de cancelamento, devolução e reembolso de ingressos;
Ausência de garantias em caso de prejuízos causados ao consumidor;
Cancelamentos ou alterações de datas, horários ou assentos sem aviso prévio;
Liberação da venda casada de ingressos em forma de pacotes - prática comercial abusiva;
Fim do direito de arrependimento da compra do ingresso pela internet;
Criação de áreas exclusivas de exploração comercial da Fifa na cidade;
A Fifa tem um recorde negro do seu legado nos países sede da Copa. Na África do Sul, centenas de milhares de trabalhadores entraram em greve contra abusos trabalhistas. O monopólio comercial impediu que os benefícios dos eventos fossem revertidos para a economia local. E aqui mesmo no Brasil já estamos vendo as violações resultantes das remoções forçadas, com indenizações ínfimas e sem qualquer garantia de moradia. Agora, com a Lei Geral da Copa, a Fifa quer controle total.

Vamos deixar claro que: Copa sem direitos não dá jogo! Envie uma mensagem agora:

Copa sem direitos não

Por todos os torcedores-consumidores,

A equipe do Idec

PS: Se você quer contribuir com a divulgação ou as ações dessa campanha, escreva para:
campanhas@idec.org.br

Um comentário:

  1. Email, pauloluiz41@hotmail.com



    Tripé da copa do mundo.

    Há um tripé que tem muito interesse na copa do mundo aqui no Brasil.

    1º, são as empreiteiras de obras.

    2º, são os políticos corruptos de plantão.

    3º, a rede globo de televisão, como sempre garantindo para si todas as transmissões dos jogos do Brasil.

    Neste caso quem tem um sucesso garantido são as empreiteiras, elas independem dos resultados dos jogos, tanto faz o Brasil ir para a final como cair na primeira fase, pois os lucros das obras super faturadas já estarão em seus cofres sem nenhum problema.

    Os políticos de plantão correm o risco de não chegarem ao topo dos seus desejos pois, alem de faturarem alto com o evento eles tem a grande esperança do time brasileiro ir para a final e ganhar a copa do mundo, se isso acontecer será um festival de fotos junto aos jogadores campeões, este será um momento de eles aparecerem como maravilhosos e salvadores da pátria, mas se o Brasil cair na primeira fase ou não chegar próximo da final será um desastre para eles, adeus holofotes.

    Se o time brasileiro cair na primeira fase ou não chegar a uma posição mais interessante será um desastre para os meios de comunicação, principalmente para a rede globo. Já imaginaram o prejuízo financeiro com os comerciais os quais são vendidos a preços de ouro.

    Nós que somos apenas povo, não representamos nada para os governantes a não ser na hora de pedir nosso voto. Não devemos passar por bobos aplaudindo este evento que é bom só para quem fatura alto. A euforia da copa do mundo é na verdade um quadro falso do nosso país, o quadro verdadeiro é a miséria que sofre a maioria dos brasileiros, com o descaso na saúde pública, a falta de segurança e o péssimo ensino que os governantes nos impõem.
    Ser campeão de futebol é fantasia, realidade e ter um país campeão de saúde, segurança e de um ensino de primeiro mundo, isso sim precisa acontecer para que o povo possa aplaudir, o resto é coisa para enganar bobos.

    Paulo Luiz Mendonça.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget