5 de setembro de 2010

SINDUSCON NEGOU ENTREVISTA DO PRESIDENTE

luiz carlos presenteHá poucos dias o SINDUSCON de Joinville, ong onde se alojam as grandes construtoras de Joinville e as que estão concretando a cidade por aqui ha pouco tempo, elegeu um novo presidente. Trata-se do diretor da Incorposul - incorporadora imobiliaria presente nos negocios que tem influencia direta na qualidade de vida da cidadania local.

Ecologia em Ação atraves da sua secretaria fez inumeros contatos com o SINDUSCON e com o seu Presidente recém eleito para convida-lo a participar de programa de 30 minutos na TV da Cidade de Joinville. No ultimo 1° de setembro, 4a. feira mais um contato feito diretamente com o Presidente e apesar da oportunidade unica do SINDUSCON mostrar transparencia em canal por assinatura, mais uma vez, o recem eleito e empossado presidente se julgou pouco preparado para enfrentar o apresentador do programa. Chegou inclusive a responsabilizar a sua diretoria dizendo que essa não o havia autorizado a participar desse programa de educação ambiental, exatamente na maior cidade do Estado, onde foram licenciados mais de 200 espigões para os proximos meses, uma GM, diversos nucleos do MINHA CASA MINHA VIDA, entre outras obras de engenharia de grande porte. Essa ausencia, não permite que a sociedade de Joinville, saiba exatamente o que significa a palavra SINDUSCON, o que promove, que ações toma em prol da coletividade, como negocia com as autoridades e de que forma participa do compromisso da manutençao da qualidade de vcid

Sabem os telespectadores por assinatura da TV cidade de Joinville, que o program ECOLOGIA EM AÇÃO tem dedicado grande espaço nos ultimos anos ( desde 2005)  para a questão dos RESIDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL regulamentada pelo  Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) através da Resolução307 de 05/07/02-.    DOU de 17/07/02, estabeleceu diretrizes, critérios e procedimentos para os residuos da construção civil, vem mostrando aos assinantes as inumeras não-conformidades que ocorrem no municipio e os crimes que estão sendo praticados, sem tirar de foco tambem a incompetencia que o poder publico municipal vem demonstrando na solução deste grave problema que tanto impacta a sociedade e altera para menor a qualidade de vida.  

Mas o Luiz Carlos Parente não aceitou o desafio - desafio esse que é de obrigação dos presidentes de entidades, de acordo com o Estatuto social, tão somente cabendo aos presidentes e mais ninguem. Diante dessa moita na qual se esconde o presidente do Sinduscon, fica dificil  a cidadania tomar conhecimento dos planos do Luiz Carlos Parente.

O que pode-se esperar afinal ?

Os solavancos e coices que sofrem as camaras do CONSELHO DA CIDADE pelas pressões e lobby que pratica determinados setores da construção civil, onde o jogo de interesses é herculeo, pouco importanto a cidadania, mas tão semente os lucros gigantescos, lucros fáceis e a grande corrupção que campeia Brasil afora, pode-se imaginar o pior. Principalmente quando um PRESIDENTE recem eleito não comparece no palanque do povo.

O programa Ecologia em Ação e a Emissora TV da Cidade de Joinville, lamentam tais comportamentos que não são dignos da democracia, da liberdade de imprensa e da cidadania.

Eng. Gert Roland Fischer

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget